Artes Visuais

Orientação Técnica - As Profissões Contemporâneas do Campo das Artes Visuais  com Interfaces em Tecnologias Digitais

 

Atendendo às demandas de nossas Unidades Escolares, ocorreu nos dias 26 e 27 de Setembro de 2013 a Orientação Técnica Para Professores do Ensino Médio de Arte com a PCNP TE Sandra Fabretti.

 

Essa Orientação Técnica atendeu a 46 professores, onde puderam vivenciar diversas Situações de Aprendizagem, montando instalações, e interagindo com Tecnologias Digitais  no campo das artes Visuais.

 

O Currículo do Estado de São Paulo  também faz menção a essas questões, reforçando a relevância da alfabetização tecnológica, com vistas a preparar o aluno para a inserção em um mundo em que a tecnologia está cada vez mais presente na vida das pessoas. Nesse contexto e diante da necessidade de atender aos anseios desse jovem educando prestes a se lançar ao mundo, seja dando continuidade aos seus estudos em uma universidade, seja encarando precocemente o mundo do trabalho, é que se optou por oferecer Situações de Aprendizagem que propiciem a pesquisa, a discussão, a

reflexão e a identificação de algumas das profissões contemporâneas do campo da Arte,

que têm interfaces em tecnologias digitais. Buscou-se, também, propor ações expressivas que desencadeiem o fazer artístico desse aluno, possibilitando que sua poética pessoal se manifeste de forma devidamente valorizada, privilegiando o protagonismo. Para o desenvolvimento do trabalho em sala de aula ao longo do ano letivo, são apresentadas Situações de Aprendizagem e suas proposições para as quatro linguagens artísticas – artes visuais, dança, música e teatro.

Nessa primeira abordagem e como sugestão para o Primeiro Bimeste do 3º ano do Ensino Médio, os alunos terão a possibilidade de desenvolver o fazer artístico, a contextualização e a fruição estética com foco nos espaços virtuais e seus ambientes colaborativos de aprendizagem, na interação entre Arte e Tecnologia, nos projetos poéticos individuais e colaborativos e nas profissões do campo da Arte com interfaces em tecnologias digitais. Para tanto, os territórios da Arte que serão trilhados são os da forma-conteúdo e do processo de criação, de maneira que os alunos sejam levados a pesquisar sobre o advento das tecnologias digitais, a ampliar a compreensão sobre como o mundo da web mudou as relações interpessoais e as relações de trabalho e a identificar quais são as profissões do campo das artes visuais existentes dentro dessa nova realidade. Momentos de ações expressivas propiciarão aos alunos investigar as potencialidades das relações entre forma e conteúdo no ambiente virtual; utilizar os conhecimentos adquiridos para produções artísticas individuais, coletivas e/ou colaborativas por meio de percursos de experimentação; elaborar, realizar, mostrar

e documentar as produções artísticas. Para contribuir nesse processo, serão abordados os seguintes conceitos e conteúdos: conceitos históricos da web; profissões do campo das artes visuais com interfaces em tecnologias digitais; web arte; processo de  construção de um site.

 

Fonte: http://www.educacao.sp.gov.br/noticias/educadores-de-artes-podem-consultar-orientacoes-sobre-uso-de-novas-tecnologias-em-sala-de-aula